Associação Brasileira de Criadores de Bovinos
Curraleiro Pé-Duro

 
HOME
A ASSOCIAÇÃO
SRGCPD
A RAÇA
PUBLICAÇÕES
NOTÍCIAS
EVENTOS
LINKS
CONTATO
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
  ÁREA DOS SÓCIOS
  Esqueceu
sua senha?
 
 Padrão Racial
Origem e
História
Situação
Atual
Distribuição
Geográfica
Padrão
Racial
Características
Raciais
Características da Carne

DO PADRÃO DA RAÇA CURRALEIRO PÉ-DURO
Para que possam ser inscritos no Serviço de Registro Genealógico, os
Bovinos da Raça Curraleiro Pé-Duro deverão enquadrar-se no seguinte padrão racial:

ITEM 1. : Aparência geral

NOMENCLATURA : Estado Geral
IDEAIS : Sadio e vigoroso
PERMISSÍVEIS : Pequeno desvio do padrão ideal
QUE DESCLASSIFICAM: Caquético e fraco.

NOMENCLATURA : Desenvolvimento
IDEAIS : Bom, de acordo com a idade.
PERMISSÍVEIS : Médio
QUE DESCLASSIFICAM: Tamanho e peso muito reduzido em relação à idade.

NOMENCLATURA : Constituição, ossatura e musculatura.
IDEAIS : Constituição robusta. Ossatura forte. Musculatura
desenvolvida e bem distribuída por todo o corpo.
PERMISSÍVEIS : Constituição média, Ossatura e musculatura regulares.
QUE DESCLASSIFICAM: Constituição fraca ou grosseira.

NOMENCLATURA : Masculinidade e Feminilidade
IDEAIS : Bem acentuada, de acordo com o sexo.
QUE DESCLASSIFICAM: Características inversas

NOMENCLATURA : Temperamento
IDEAIS : Ativo e dócil
PERMISSÍVEIS : Ligeiro desvio do padrão ideal
QUE DESCLASSIFICAM: Nervoso ou bravio

ITEM 2. : Cabeça

NOMENCLATURA : Aparência geral
IDEAIS : Pequena, forte, proporcional ao corpo.
PERMISSÍVEIS : Média.
QUE DESCLASSIFICAM: Pesada.

NOMENCLATURA : Perfil
IDEIAS : Subcôncavo
PERMISSÍVEIS : Retilíneo, côncavo
QUE DESCLASSIFICAM: Ultraconvexo

NOMENCLATURA : Fronte
IDEAIS : Larga, plana, apresentando entre as órbitas, sobre a linha
mediana, ligeira depressão.
PERMISSÍVEIS : Média
QUE DESCLASSIFICAM: Protuberante

NOMENCLATURA : Chanfro
IDEAIS : Reto, relativamente curto e largo nos machos, mais
comprido e estreito nas fêmeas.
PERMISSÍVEIS : Médio, ligeiramente subconvexo
QUE DESCLASSIFICAM: Torto (assimétrico)

NOMENCLATURA : Focinho
IDEAIS : Preto, largo, com narinas separadas e dilatadas
PERMISSÍVEIS : Pigmentação um pouco clara
QUE DESCLASSIFICAM: Despigmentado

NOMENCLATURA : Olhos

IDEAIS : Grandes, brilhantes e traduzindo docilidade
PERMISSÍVEIS : Cegueira acidental de um olho
QUE DESCLASSIFICAM: Cegueira total; exoftalmia; albinismo

NOMENCLATURA : Orelhas
IDEAIS : Curtas, de pontas arredondadas e atentas
PERMISSÍVEIS : Médias e de extremidades ligeiramente ponteagudas
QUE DESCLASSIFICAM: Grandes e pendentes

NOMENCLATURA : Chifres
IDEAIS : Leves, de comprimento médio, grossos na base e finos
na extremidade.
PERMISSÍVEIS : Mocho e banana.
QUE DESCLASSIFICAM: em forma de lira posterior e excessivamente grandes e finos
em touros

ITEM 3 : Pescoço e corpo

NOMENCLATURA : Pescoço
IDEAIS : Mais musculoso nos machos e descarnados nas
fêmeas, de comprimento médio, bem inserido à
cabeça e ao tronco.
Barbela curta.
PERMISSÍVEIS : Pescoço longo, barbela média
QUE DESCLASSIFICAM: Muito curto e excesso de barbela

NOMENCLATURA : Peito
IDEAIS : Largo e profundo
PERMISSÍVEIS : Médio
QUE DESCLASSIFICAM: Muito estreito e sem profundidade.

NOMENCLATURA : Linha dorso-lombar
IDEAIS : Retilínea
PERMISSÍVEIS : Ligeiramente arqueada
QUE DESCLASSIFICAM: Cifose, lordose e escoliose acentuadas.

NOMENCLATURA : Ancas e garupa
IDEAIS : Ancas bem afastadas e no mesmo nível, moderadamente
salientes. Garupa comprida e larga
PERMISSÍVEIS : Médias (ancas e garupa)
QUE DESCLASSIFICAM: Ancas excessivamente salientes; garupa curta e
Estreita

NOMENCLATURA: Sacro
IDEAIS: Não saliente e no mesmo nível da anca
PERMISSÍVEIS: Ligeiramente saliente
QESCLASSIFICAM: Muito saliente

NOMENCLATURA : Cauda e vassoura
IDEAIS : Cauda fina longa com inserção harmoniosa, larga na base,
afinando para a extremidade, com vassoura abundante e preta
PERMISSÍVEIS : Inserção alta; vassoura branca, preta e branca, amarela e suas
nuanças
QUE DESCLASSIFICAM: Cauda excessivamente curta ou ausente.

NOMENCLATURA : Tórax, costelas, flancos e ventre.
IDEAIS :Tórax largo e profundo; costelas com ossos largos,
chatos, bem arqueadas e afastadas na parte posterior,
sem depressão atrás das paletas; flancos profundos;
ventre amplo, desenvolvido, em harmonia com o tamanho
do animal.
PERMISSÍVEIS :Pequeno desvio do padrão ideal
QUE DESCLASSIFICAM: Tórax deprimido (batido)

NOMENCLATURA: Umbigo
IDEAIS: Reduzido
PERMISSÍVEIS: Médio
QUE DESCLASSIFICAM: Longo e com hérnia

ITEM 4 : Membros

NOMENCLATURA : Membros anteriores
IDEAIS : Médios, fortes, bem separados, aprumados e menores
que os posteriores.
PERMISSÍVEIS : Pequeno desvio do padrão ideal
QUE DESCLASSIFICAM: Excessivamente longos ou curtos, desproporcionais ao
corpo; aprumos defeituosos.

NOMENCLATURA : Membros posteriores
IDEAIS : De comprimento médio, coxas e pernas com boa musculatura,
separadas e deixando um suficiente espaço para o úbere, nas fêmeas.
PERMISSÍVEIS : Pequeno desvio do padrão ideal
QUE DESCLASSIFICAM: Excessivamente longos ou curtos, desproporcionais ao
corpo; aprumos defeituosos.

NOMENCLATURA : Cascos
IDEAIS : Preto e suas nuanças, médios, lisos bem conformados,
resistentes.
PERMISSÍVEIS : Estrias ou claros
QUE DESCLASSIFICAM: Mal conformados, excessivamente abertos.

ITEM 5: Órgãos genitais

NOMENCLATURA : Bolsa escrotal e testículos
IDEAIS : Bolsa escrotal constituída por pele fina, elástica, flexível e bem
pigmentada, com testículos de desenvolvimento normal.
QUE DESCLASSIFICAM: Anorquidia; monorquidia; criptorquidia; hiperplasia;
hipoplasia.

NOMENCLATURA : Bainha
IDEAIS : Reduzida, de preferência fixada junto ao ventre
PERMISSÍVEIS : Média
QUE DESCLASSIFICAM: Excessiva, pendulosa.

NOMENCLATURA : Úbere e tetas
IDEAIS : Bem conformado, harmonioso, boa textura e com quatro quartos;
quatro tetas pequenas
PERMISSÍVEIS : Úbere de conformação regular e tetas médias
QUE DESCLASSIFICAM: Menos de quatro quartos de úbere ou tetas, desde que de
origem genética.

NOMENCLATURA : Vulva
IDEAIS : De conformação e desenvolvimento normais; bem
pigmentada
QUE DESCLASSIFICAM: Atrofiada ou despigmentada

ITEM 6: Pelagem

NOMENCLATURA : Cor
IDEAIS : A pelagem poderá ser variada, preferencialmente
vermelha clara, amarela avermelhada ou baia,
amarela e raposa; as extremidades e a cabeça, de
um modo geral mais escuras, especialmente nos
machos; poderão ocorrer ou não manchas escuras em
torno dos olhos ( óculos )
PERMISSÍVEIS : Fusca, alaranjada, alvaçã, malhada de vermelho e
branco, preta, malhada de preto e branco e azulada;
QUE DESCLASSIFICAM : Despigmentada.

NOMENCLATURA : Pêlos
IDEAIS : Finos, curtos e sedosos
PERMISSÍVEIS : Alopecia leve; pêlos de comprimento mediano
QUE DESCLASSIFICAM: Alopecia acentuada ou peladura

NOMENCLATURA : Pele
IDEAIS : Preta
PERMISSÍVEIS : Um pouco clara
QUE DESCLASSIFICAM: Excessivamente despigmentada

ITEM 7: Medidas

NOMENCLATURA: Altura tomada à altura da cernelha:
IDEAIS: Mínimo de 1m nas fêmeas e de 1,1m nos machos.
QUE DESCLASSIFICAM: Alturas inferiores ao limite mínimo

 
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ABCPD - Associação Brasileira de Criadores de Bovinos Curraleiro Pé-Duro
Rua Governador Artur de Vasconcelos nº 150, Sala 206. CEP: 64001-450
Teresina - PI. Tel: (86) 3226-1005 9982-5241.

panet - Soluções em Internet